Home   Contato  
RITUAL SAGRADO CURAS XAMANICAS ÍCAROS DA FLORESTA SÁBADO DIA 18/11/17 ÀS 17:00HS

                           
Ayahuasca - Ayahuasca e auto - conhecimento

Não adianta só ingerir, é necessário também digerir”.

Ramy Shanaytá

Na Tradição Tubakwaassu o primeiro Poã (cura) é Amyyá (Mãe das Mães) conhecida como Ayahuasca, uma beberagem Sagrada ampliadora dos sentidos e capaz de desenvolver a auto-avaliação existencial no ser que a ela se reúne.

É por este motivo que, nos rituais, é comungado com a ingestão deste alimento do espírito e remédio da alma se assim podemos chamar.

Na Tradição Tubakwaassu, reconhecemos Amyyá (Ayahuasca) como um espírito Mãe, assim sendo, gesta, cuida, orienta e ensina a viver, expressa sua vibração de Amor. Seu corpo é constituído de duas vegetais, de um cipó e das folhas de um arbusto.

As religiões usuárias de Ayahuasca chamam o cipó de mariri ou de cipó jagube, e as folhas dos arbustos são chamadas de chacrona, na observação Tubakwasssu o cipó é reconhecido como a mão da Mãe, desta maneira é uma vegetal feminina, que é reconhecida e pronunciada como a “Ssypó Maryry”, e o arbusto no qual suas folhas são utilizadas para o preparo desta beberagem Sagrada também são reconhecidas como feminina, porém sendo a Ssypó uma potência ignidora e a folha uma potência sustentadora.

Pela botânica oficial a “Banisteriopsis caapi” é um cipó nativo da floresta Amazônica  que contém alcalóides principais como beta-carbolínicos da harmina, harmalina e tetrahidroarmina e a “Psychotria viridis” é um arbusto também nativo da floresta Amazônica que contém  a N,N-dimetriltriptamina (DMT), N-metil triptamina e Metil-tetrahidroharmina (McKenna ett al. 1984; Rivier e Lindgren 1972).

Na reunião Sagrada destes dois vegetais, manifesta-se o veículo físico para acelerar a percepção interna rumo à lucidez de vida.

Esta beberagem produz transe lúcido, direcionando a melhoria de conflitos psico-emocionais, possibilitando a abertura de arquivos de memória ancestral para a compreensão de sua vida atual.

Com a compreensão do elo, para nós Tubakwaassu, a beberagem necessita ser reunida a um caminho verdadeiro de transformação, pois tudo começa dentro de cada um de nós e vai se expressar em nossa vida externa, e trabalhando por dentro o ser irá conduzir a construção de uma vida produtiva e equilibrada.

Ingerir apenas a beberagem sem digerir, é como um barco que não sabe para onde ir, e realizar um trabalho interior comungando com Ayahuasca sem um caminho é desconsiderar a Sabedoria da vida e acreditar que tudo no todo é qualquer coisa e a vida deve ser vivida de qualquer jeito, ou seja, manter um pensamento bem distante do que é o Sagrado.

A Tradição Tubakwaassu ensina o alinhamento em estado de transe, e neste caminho é importante reconhecer a existência do que Ramy Arany e Ramy Shanaytá chama de “labirinto da mente”.

“A mente mente!”  Esta afirmação explica todo o enredo que constitui o labirinto da mente.

A alteração da consciência bem observada é o caminho para trabalhar com esta massa de informações fragmentadas que caracterizam o “labirinto da mente”, e de maneira simples, bem diferente de uma atitude simplória, o “Ser” começa a observar melhor o seu universo interior proporcionando a avaliação de pensamentos, sentimento e atitude que foram à ignição para situações que gerarão sofrimento, fascinação, decepção entre outras diversas limitações que impedem a vida saudável.

-Quais os efeitos da Ayahuasca-

A Ayahuasca produz um estado alterado de consciência, ou seja, um estado de transe decorrente do estímulo da glândula pineal, localizada entre os dois hemisférios cerebrais: o hemisfério esquerdo, guardião de nossa lógica da matemática, da crítica etc, e o hemisfério direito, responsável pela nossa sensibilidade, criatividade, musicalidade, artes em geral, intuição, paranormalidade. 

Ao pulsar de forma mais acelerada, a glândula pineal trabalha no sentido da expansão do hemisfério direito. 
Nesse momento é possível sentir uma ampliação da consciência, um entendimento diferenciado da vida como um todo, bem como de aspectos de nossa mente mais racional, subconsciente e de nosso arquivo da alma, o inconsciente. 

Através da visão do hemisfério direito podemos entender de forma muito mais ampla e profunda questões de nossa vida presente, passada ou até futura, pois o hemisfério direito é atemporal.

Quando estamos em transe com a Ayahuasca, facilmente podemos viajar no tempo. É mais comum a viagem ao passado, pois a Ayahuasca mostra a origem de nossas dificuldades, nos levando à causa de nossos problemas para podermos resolvê-los.

Alguns sintomas mais comuns do transe com a Ayahuasca:
. Sensação de formigamento do corpo;
. Sensação de esquentamento do corpo;
. Sensação de resfriamento do corpo;
. Sensação de crescimento do corpo;
. Ânsia de vômito (processo de limpeza das energias densas - cura);
. Diarréia (soltura momentânea do intestino - processo de limpeza e de cura);
. Tontura;
. Tremor pelo corpo - soltura do sistema nervoso;

Todos estes sintomas são considerados normais e comuns durante o transe em razão da forte ação da Ayahuasca, devendo desaparecer durante o processo ou até o seu término.

No campo da paranormalidade o transe com Ayahuasca produz:
. Sensação de projeção da consciência;
. Ativação da clarividência (visão espiritual);
. Ativação da clariaudiência (audição espiritual);
. Ativação das percepções paranormais como um todo;. 
. Ativação da energia de cura;
. Ativação da mediunidade.

No campo do autoconhecimento a Ayahuasca promove:
. Conhecimento de vidas passadas;
. Abertura da memória ancestral como um todo;
. Reconhecimento de bloqueios emocionais, mentais, morais e suas remoções;
. Reconhecimento espiritual: mentores, missão;
. Auxílio no resgate de perdão e autoperdão;
. Expansão do sentimento de amor e gratidão;
. Alívio pleno e profundo de conflitos emocionais, familiares, etc;
. Paz interior, calma, tranqüilidade;
. Mudanças de crenças, valores;
. Quebra de padrões de rigidez emocional, mental e comportamental;
. Auxílio nos processos mais difíceis da expansão da consciência e encontro consigo mesmo dentro de uma realidade interior e exterior muito mais expandida;
. Desbloqueio de subconsciente e inconsciente;
. Auxílio na cura da depressão e ansiedade.

-Contra-indicações-

Embora a Ayahuasca seja uma beberagem de cura, em razão de causar um estado alterado de consciência, devemos colocar algumas contra-indicações para:
. Pessoas em terceira idade avançada;
. Problemas cardíacos graves;
. Problemas mentais em processos mais acentuados.

-Gestantes-

Em relação a gestantes, não há contra-indicação alguma para uso da Ayahuasca durante a gestação e lactação.
Através de pesquisa efetuada em grupos de gestantes, sabemos que a Ayahuasca promove a facilitação do parto natural, bem como o equilíbrio emocional da criança no ventre materno. 

É comum às parturientes que trabalharam durante o pré-natal com a Ayahuasca darem à luz  crianças mais calmas, amorosas e alegres.


-Bebidas, drogas e cigarros - Vícios em geral-

Por sua alta capacidade desintoxicante, a Ayahuasca é muito utilizada no combate às drogas e vícios em geral. 

Ela também facilita a remoção das causas emocionais da dependência, pois como trabalha com a percepção alterada, auxilia os dependentes através de acompanhamento terapêutico a irem, durante o transe, de encontro às causas emocionais e espirituais que causam o vicio. 

São casos mais delicados em que é exigida do paciente, uma decisão mais intensiva no tratamento com Ayahuasca, além do apoio familiar.

Aconselhamos a todas as pessoas que desejam ter uma experiência com  Ayahuasca a se prepararem no sentido de pedirem explicações para possíveis dúvidas e terem na consciência o desejo sincero de mudança de comportamento, no anseio de melhoria plena para uma vida melhor, com muito mais qualidade tanto material como emocional e espiritual. 

A Ayahuasca deve ser sempre ingerida no intuito de busca interior e com o respeito profundo que esta bebida Sagrada merece.

A Ayahuasca é um Ser de uma consciência muito iluminada, que trabalha no amor universal e nos presenteia no final de cada experiência com um grande sentimento de amor profundo e gratidão plena a tudo e todos.

Como um Ser de consciência-luz, ela está a serviço do plano espiritual, mas detém grande autonomia de ação durante o transe. Todo o trabalho de resgate da consciência é feito através da parceria pessoa-Ayahuasca-mentores espiritual.

 

contato:E-mail: ramyshanayta@kvt.org.br.

Ayahuasca



Centro Espiritual Flor do Japi
(11) 4527-1500 ou 2816-3995 TEMPLO FLOR DO JAPI
(11) 99996-1454 GLAUCY.
(11) 99984-1104 JOSÉ MARIA
e-mail: flordojapy2015@gmail.com



wportella InfoWeb - Desenvolvimento de WebSites dinâmicos.